Sábado, 11 de Julho de 2020 04:35
(99) 991612367
Cidades Imperatriz

Motoqueiro tem pescoço cortado por linha de pipa em Imperatriz

Nesta época do ano, é comum meninos e adultos empinarem pipes devido vento favorável

25/06/2020 08h27
74
Por: Imperlove Fonte: Assessoria
Motoqueiro tem pescoço cortado por linha de pipa em Imperatriz

As campanhas de combate ao uso de cerol e os constantes acidentes e até mortes, ocasionadas pelo seu uso indiscriminado, parecem mesmo não surtir efeito em Imperatriz, a segunda maior cidade do Maranhão. 

Nesta segunda-feira (22), o motoqueiro que foi identificado apenas pelo prenome de Jardel, ficou ferido após sofrer um corte no pescoço, causado por linha de pipa com cerol.

Segundo informações, Jardel transitava pela Avenida Pedro Neiva de Santana, ocasião que algumas crianças e adolescentes estavam soltando pipas, quando uma linha com cerol atingiu o pescoço dele. 

Jardel, lavado de sangue, recebeu ajuda de um amigo que passou no momento do acidente em uma motocicleta, que o levou para o Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), o Socorrão, onde foi medicado e já recebeu alta, mas levou vários pontos no pescoço. Jardel conduzia uma motocicleta e ainda deu tempo de diminuir a velocidade, caso contrário a lesão poderia ter sido mais profunda e ele vir a óbito.

Nesta época do ano é comum meninos, adolescentes e até adultos empinarem pipas na região devido vento favorável.
Vale, entretanto, chamar a atenção dos pais, que em caso de uma lesão mais grave, e óbito, quem responde são eles. As pipas, também conhecidas como papagaio, raia ou pandorga, são um brinquedo que voa com base na oposição entre a força física do vento e a da corda segurada por uma pessoa. Tal brinquedo surgiu na China antiga, há cerca de 3.000 anos, com intuito militar, utilizado como sinalizador.

Atualmente as pipas tem finalidade recreativa e ornamental sendo uma brincadeira apreciada por crianças e também por adultos. Nos meses de férias escolares, essa prática é frequente, todavia, atualmente a diversão tem sido em realizar confrontos entre pipas, ou seja, o objetivo é “cortar” (daí a origem do cortante), ou seja, derrubar a pipa do outro. Para tanto, utilizam-se do famigerado cerol ou cortante, colocado nas linhas das pipas.
O cerol ou cortante é o nome dado a uma mistura de cola, geralmente de madeira, com vidro moído ou limalha de ferro (pó de ferro), que é aplicado nas linhas que são utilizadas para erguer as pipas. É importante frisar, também, sobre a linha chilena, que chega a cortar quatro vezes mais do que a linha com cerol. A linha chilena é feita a partir de quartzo moído e óxido de alumínio.

Em Imperatriz, existe uma lei municipal que proíbe cerol em linha de pipa. A nível de Brasil, existe também uma lei, que além de proibir o cerol, criminaliza o responsável pelo acidente, que em caso de menores, tendo em vista que é a maioria que empina pipas, os pais são responsabilizados. 

Em Imperatriz já aconteceram casos de óbitos, ocasionados por linha de pipas com cerol, por isso é que foi aprovada a lei que proíbe tais práticas. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio