Sábado, 11 de Julho de 2020 03:43
(99) 991612367
Cidades Verão 2020

Fiscalização é reforçada para impedir acesso às praias

Foi notada uma diminuição na frequência de pessoas nesses espaços

25/06/2020 08h21 Atualizada há 2 semanas
178
Por: Kennedy Rocha Fonte: Assessoria
Fiscalização é reforçada para impedir acesso às praias

Com intuito de evitar aglomerações e barrar a disseminação do Novo Coronavírus, Covid-19, Prefeitura cancelou a temporada oficial de praias este ano. Para o cumprimento das medidas restritivas que visam impedir o avanço da doença na cidade, equipes da Guarda Municipal de Imperatriz, GMI, Secretaria de Trânsito e Transportes, Setran, e Defesa Civil, além da Polícia Militar, intensificaram as fiscalizações nos acessos às margens do Rio Tocantins.

Foram montadas barreiras no setor das praias e o fluxo de pessoas passou a ser controlado no local. Moradores das redondezas e trabalhadores, como pessoas que vivem da pesca, possuem livre acesso, já que o objetivo das operações é evitar eventos e reuniões com aglomeração. Mesmo com a pandemia, há denúncias de festividades às margens do afluente ou embaixo da ponte Dom Affonso Felippe Gregory.

A supervisão por parte do município das providências sanitárias e a vigilância de execução do distanciamento social iniciaram ainda nos primeiros indícios da pandemia na cidade. Comandante da GMI, Josenildo Ferreira, afirma que foi notada uma diminuição da frequência de pessoas nesses espaços. "Uma vez que elas tomaram conhecimento de que a fiscalização tem sido feita rotineiramente, evitam desobedecer. Aconselhamos que as pessoas continuem tomando os cuidados necessários", declara.

O Coordenador Operacional de Trânsito da Setran, João Jerônimo dos Santos Filho, explica que o principal intuito é desestimular as aglomerações e evitar as exposições desnecessárias ao vírus. "Infelizmente algumas pessoas estão atravessando o rio de barco e indo lá para outras praias dentro do Tocantins, mas aqui dentro do município, os órgãos de segurança trabalham em conjunto para manter o isolamento e distanciamento social", comenta.

É importante ressaltar que com o cancelamento do período de praias, não haverá demarcações ou a disposição de estruturas que proporcionem segurança para banhistas. Além de correr o risco de contrair o Novo Coronavírus, contribuindo para sua disseminação e atrapalhando o fim da pandemia, quem se arrisca nas margens do Rio Tocantins coloca em perigo sua vida. (Ariel Rocha-Ascom)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio