Sexta, 30 de Outubro de 2020 04:43
(99) 991612367
Anúncio
Cidades Policia

Suspeito de envolvimento no desaparecimento de uma mulher em Goiânia é preso em Buriticupu-MA

Lílian Oliveira desembarcou no aeroporto de Goiânia no último dia 13 de fevereiro, e desde então não foi mais vista

28/05/2020 23h25
302
Por: Imperlove Fonte: g1
Suspeito de envolvimento no desaparecimento de uma mulher em Goiânia é preso em Buriticupu-MA

A Polícia Civil do Maranhão prendeu, na manhã de hoje (28), em Buriticupu/MA, um suspeito de envolvimento no desaparecimento e possível homicidio da dona de casa Lílian de Oliveira, de 40 anos. Ela foi vista pela última vez no dia 13 de fevereiro, no aeroporto de Goiânia, logo após chegar de uma temporada na Colômbia.

Segundo informações apuradas, o suspeito estaria em rota de fuga em seu veículo (Gol) pelas cidades do Maranhão, já tendo passado por outras localidades.

Após receber as informações, a delegacia de Buriticupu estruturou operação que resultou na prisão do suspeito, ainda nas primeiras horas do dia, enquanto ele se escondia temporariamente na cidade.

O suspeito permanecerá à disposição da justiça e o caso será repassado para a Polícia Civil de Goiânia que cuida da Investigação Policial.

O caso

A família Lílian de Oliveira, de Caldas Novas/GO, deu queixa sobre o desaparecimento dela no dia 13 de fevereiro deste ano, quando voltou de viagem à Colômbia. Lilian desembarcou no Aeroporto de Goiânia e não foi mais vista. A última imagem é de uma câmera de segurança no desembarque, que mostra ela entrando em uma pick-up de cor prata.

Familiares conseguiram os horários dos voos com a companhia aérea que fez o trajeto de volta da Colômbia ao Brasil. Lílian embarcou em Medelín em 12 de fevereiro, às 12h54. Desceu em Bogotá, capital do país, e embarcou novamente com destino ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, com chegada confirmada às 21h10. Em 13 de fevereiro, pegou o voo para Goiânia e chegou às 11h35.

Segundo a família, a última vez que Lílian visualizou mensagens no celular foi no dia 13/02, às 12h05.

A família registrou boletim de ocorrência na delegacia de Caldas Novas. A irmã contou que escutou várias versões diferentes sobre o desaparecimento, mas nenhuma se conecta à outra.

 

Passo a passo

As irmãs anotaram todo o percurso que Lílian fez dentro do aeroporto. Após sair do avião, ela pegou duas malas às 11h52, conforme registrado pelas câmeras internas. Um minuto depois, Lílian aparece na saída para o desembarque e, no minuto seguinte, se dirige à marquise do local.

Às 11h55, ela retorna ao terminal e entra numa casa de câmbio. Um homem de camiseta azul faz o atendimento no balcão. Ela sai do local às 12h05.

Depois, as imagens mostram Lílian em direção à pick-up de cor prata, estacionada no desembarque. Ela entra no carro. A última filmagem em que a mulher aparece mostra que o motorista usava uma camisa vermelha.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.