Sexta, 27 de Maio de 2022
25°

Poucas nuvens

Imperatriz - MA

Anúncio
Cidades FEITO INÉTIDO

Prefeito Léo Cunha faz história ao levar bloqueteamento para Zona Rural de Estreito

Conquista será iniciada pelo assentamento Altamira, onde nessa primeira fase serão 1000 metros de bloquetes.

04/05/2022 às 15h20
Por: Kennedy Rocha Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Prefeito Léo Cunha faz história ao levar bloqueteamento para Zona Rural de Estreito

 Durante anos a população da zona rural era lembrada apenas durante o período eleitoral. Na hora do voto todos eram importantes e queridos, políticos que faziam questão de tratar como "amigos", esquecendo que a vida da população da zona rural vai além de estradas vicinais.

Por motivos óbvios, diante do histórico índice de chuvas e a cheia dos rios e dos afluentes, os córregos, riachos e nascentes nunca foram tão ativos nos últimos 20 anos. 

O resultado foram pontes, estradas e toda a infraestrutura da zona rural afetada, necessitando de uma frente de obras e investimentos. O prefeito Léo Cunha determinou emergencialmente a recuperação de pontes e estradas na zona rural, um trabalho que vai ser cirúrgico, pois diante a destruição causada não basta apenas "raspar" para melhorar, serão meses e meses de muito trabalho. O município tem mais de 900 km de estradas vicinais, um número que mostra o tamanho do problema.

Neste último sábado 30, a Prefeitura de Estreito iniciou uma obra única e especial, o bloqueteamento das ruas no assentamento Altamira. Serão 1000 metros de bloquetes nesta primeira fase. Esse foi um compromisso do atual prefeito para com a população do Altamira durante a eleição, agora cumprido com recursos dos cofres do município.

A chegada dos bloquetes deixou a população surpresa, diante do descaso e promessas jamais cumpridas de outras gestões, era difícil acreditar que a terra iria dar lugar a ruas bloqueteadas. A obra vai criar um ambiente muito mais agradável para a população da zona rural, além de possibilitar a locomoção com mais segura e menos poeira.

Léo Cunha afirmou que as obras não vão parar no Altamira, outros assentamentos também serão contemplados, exatamente com aquilo que jamais foi feito. 

"Vamos fazer obras que as pessoas pedem, hoje o bloqueteamento nos assentamentos é algo muito requisitado e não vamos parar por aí, vamos fazer obras para a população que foi esquecida. O povo da zona rural merece tratamento igual e por isso vamos ouvi-los e atender os mais carentes, aqueles que foram esquecidos por anos".

Ao todo já foram recuperadas mais de 15 pontes na zona rural e  as demais também serão reconstruídas ou recuperadas, já as estradas vicinais receberam reforço de máquinas e caminhões e os assentamentos receberão visitas técnicas para análise de necessidades urgentes.

Além das estradas, pontes e bloqueteamento, o assentamento vai ganhar um campo de futebol, priorizando o lazer e permitindo que os moradores da zona rural possam participar e treinar dos campeonatos futuros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários