Sexta, 27 de Maio de 2022
24°

Poucas nuvens

Imperatriz - MA

Anúncio
Brasil GOIAS-GO

Polícia prende soldado da FAB que usava Pix para ameaçar a ex

Após ser bloqueado nas redes sociais, o acusado passou a enviar as mensagens por transferência bancária; caso ocorreu em Goiás

19/04/2022 às 15h52
Por: Imperlove Fonte: Redação
Compartilhe:
Polícia prende soldado da FAB que usava Pix para ameaçar a ex

A Polícia Civil de Goiás prendeu na segunda-feira (18) um homem acusado de usar mensagens escritas via transferência bancária para ameaçar a ex-namorada. O caso ocorreu na cidade de Valparaíso, no Entorno do Distrito Federal. A detenção foi realizada pela Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher).

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito é um soldado da FAB (Força Aérea Brasileira). Ele foi preso em flagrante pelos crimes de "perseguição qualificada pelo contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher e descumprimento de medidas protetivas de urgência."

O militar namorou com a mulher por três meses, mas não aceitou o fim do relacionamento e passou a enviar mensagens com ameaças a ex. Como ele foi bloqueado por ela nas redes sociais, usou o Pix, sistema de transferências bancárias instantâneas, para enviar várias ameaças. O suspeito transferia valores irrisórios para a ex, que variavam de R$ 0,01 a R$ 0,06. Junto aos valores, enviava frases intimidadoras. O R7 teve acesso ao conteúdo das mensagens

"Botei 10.000 pela tua cabeça filha da put... Amanhã acho bom tu nem sair de casa, se não eu te mato", escreveu em uma mensagem encaminhada junto a um depósito de cinco centavos. 

Término

Ainda durante o relacionamento, o homem demonstrou sinais de agressividade, chegando a ir até a casa da ex-namorada realizar ameaças, assim como enviar mensagens a ela por meio de contas falsas criadas por ele no Instagram, segundo a polícia. O relacionamento terminou no mês passado. 

Ainda durante o relacionamento, o homem demonstrou sinais de agressividade, chegando a ir até a casa da ex-namorada realizar ameaças, assim como enviar mensagens a ela por meio de contas falsas criadas por ele no Instagram, segundo a polícia. O relacionamento terminou no mês passado. 

"A Polícia Militar tentou realizar a prisão do autor durante a madrugada, mas ele se evadiu. Pela manhã, a vítima compareceu à Deam para relatar esses novos fatos. Imediatamente, uma equipe policial empreendeu diligências em busca do autor, encontrando-o e realizando a prisão em flagrante", informou a Polícia Civil, em nota.

As investigações apontam ainda que ele usou atestados falsos para faltar ao trabalho. Ele foi recolhido a um presídio militar pela FAB, e colocado à disposição da Justiça. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários