Quarta, 04 de Agosto de 2021 14:45
(99) 984783979
Anúncio
Saúde Maranhão

Governo do Estado realiza seminário de abertura do Projeto Viver Mais

Ação é voltada para a prevenção da diabetes.

21/07/2021 10h45
46
Por: Imperlove Fonte: Secom Maranhão
Seminário do Projeto Viver Mais teve como objetivo fortalecer as ações voltadas para pacientes hipertensos e diabéticos no Maranhão (Foto: Divulgação)
Seminário do Projeto Viver Mais teve como objetivo fortalecer as ações voltadas para pacientes hipertensos e diabéticos no Maranhão (Foto: Divulgação)

O Governo do Estado realizou, na terça-feira (20), de forma virtual, o seminário de abertura do Projeto Viver Mais, que tem o objetivo de fortalecer as ações voltadas para pacientes hipertensos e diabéticos no Maranhão. Executado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), o projeto conta com financiamento da Fundação Mundial de Diabetes e com a parceria da Sociedade Brasileira de Diabetes, da Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas e da Escola de Saúde Pública do Maranhão. 

O projeto tem como metas a implantação de ações de promoção da saúde, prevenção de complicações, atenção e vigilância e construção de uma linha de Linha de Cuidado de Atenção Integral à Diabetes Mellitus, Diabetes Gestacional e Hipertensão Arterial, mediante processos de educação permanente, rastreamento e interfaces intra e intersetoriais. 

“Trabalhamos a partir da qualificação dos profissionais de saúde da Atenção Básica. Para isso, elaboramos um cronograma de oficinas que começam a ser realizadas ainda neste mês de julho. A primeira oficina tem como tema o cuidado integral e o autocuidado apoiado ao paciente diabético e hipertenso, e ao cuidador. Cada oficina tem seu público-alvo específico, alcançando os profissionais de toda a região”, explica a coordenadora do Departamento de Atenção à Saúde do Adulto e Idoso, Claudiana Cordeiro. 

Serão realizadas 10 oficinas, que acontecem on-line e para públicos específicos. Entre os assuntos estão a abordagem clínica do diabético e hipertenso de alto risco, o atendimento a gestantes com diabetes e hipertensão, a detecção precoce do pé diabético e tratamento das complicações macrovasculares, entre outros. As oficinas acontecem com o suporte da Escola de Saúde Pública do Maranhão. 

As atividades do Viver Mais contemplam, inicialmente, a região de Balsas, alcançando cerca de 13 municípios. A proposta é levar o projeto também às regiões de Presidente Dutra e Santa Inês.

Também participaram do seminário de abertura das atividade do projeto, a secretária adjunta da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Waldeise Pereira; o secretário de Estado de Políticas Públicas, Marcos Pacheco; a endocrinologista Fernanda Thomé, da Sociedade Brasileira de Diabetes; a diretora administrativa da Escola de Saúde Pública do Maranhão, Ana Lúcia Nunes; a endocrinologista Adriana Forti; o representante da Fundação Mundial de Diabetes, Rodrigo Scotini; e o gestor da Regional de Saúde de Balsas, Giltarlã Araújo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio