Quarta, 04 de Agosto de 2021 16:57
(99) 984783979
Anúncio
Saúde Maranhão

Governo do Maranhão inspira criação da Rede Cuidar no Amapá

Rede Cuidar presta suporte gratuito a pacientes que apresentaram sequelas por conta da Covid-19.

19/07/2021 18h30
41
Por: Imperlove Fonte: Secom Maranhão
<em>Equipe da Secretaria de Estado da Saúde do Amapá e representantes da OPAS conheceram a experiência maranhense (Foto: Ruy Barros)</em>
Equipe da Secretaria de Estado da Saúde do Amapá e representantes da OPAS conheceram a experiência maranhense (Foto: Ruy Barros)

Nesta segunda-feira (19), uma equipe da Secretaria de Estado da Saúde do Amapá visitou as instalações da Rede Cuidar, criada pelo Governo do Maranhão para prestar assistência a pacientes em processo de reabilitação pós-Covid. A equipe esteve acompanhada de representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Além da Rede Cuidar, no Hospital Carlos Macieira (HCM), a comitiva também visitou as instalações do Centro Especializado em Reabilitação (CER) do Olho d’Água e a Policlínica do Idoso. 

“Ficamos felizes em poder servir ao estado vizinho do Amapá. Esperamos que as nossas experiências exitosas sirvam de orientação e exemplo para os amigos da Secretaria de Saúde, bem como aos profissionais de saúde que arduamente têm trabalhado prestando atendimento à população acometida da Covid-19”, disse o secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula.

Implantada pelo Governo do Estado em abril deste ano, a Rede Cuidar presta suporte gratuito a pacientes que apresentaram sequelas da Covid-19. O anexo do Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM) é um dos espaços que oferecem esse atendimento e conta com ambulatório, consultórios para atendimento clínico, sala de coleta e sala de triagem. Desde o início das atividades, já foram realizados 5.194 atendimentos no espaço.

No espaço, o paciente conta com consultas em cardiologia, neurologia, pneumologia, endocrinologia, psicologia e psiquiatria, além de atendimento multiprofissional com nutricionista, fonoaudiólogo e fisioterapeuta. Em São Luís, o ambulatório da Rede Cuidar funciona das 8h às 12h e das 14h às 18h.

De acordo com Luciano Casali, secretário adjunto de Gestão e Planejamento do Amapá, o interesse pela visita surgiu após indicação da OPAS para conhecer o trabalho desenvolvido no Maranhão. “É uma demanda do governo que já temos buscado atender. Ao ficarmos sabendo pela OPAS que aqui havia sido empregado o serviço, viemos conhecer de perto o funcionamento. Ficamos impressionados com a estrutura, o fluxo e as dependências, por isso a nossa intenção é refletir o que foi feito aqui no nosso estado”, revelou. 

Para Rodrigo Said, consultor nacional da OPAS, a missão é fazer o intercâmbio de gestão. “Temos feito um trabalho junto às Secretarias de Saúde dos estados e dos municípios na identificação de boas práticas na preparação e resposta ao Covid. Há alguns meses, visitamos o estado e identificamos o acompanhamento pós-Covid feito pela Rede Cuidar, com a construção de um fluxo bem estabelecido. Esperamos que essa troca de experiências torne possível a implantação no estado vizinho do que tem sido feito aqui”, destacou.  

Além da capital, a Rede Cuidar também conta com atendimentos no Hospital Macrorregional de Imperatriz e nas policlínicas de Santa Inês e Presidente Dutra.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio