Segunda, 18 de Janeiro de 2021 12:58
(99) 991612367
Anúncio
Entretenimento Réveillon 2021

Festas de Réveillon são canceladas na Grande São Luís; produtoras lamentam decisão do poder público estadual

O cancelamento das festas foi feito após o MP-MA encaminhar ofícios alertando o Poder Executivo estadual e os prefeitos da Grande Ilha sobre a necessidade de manter o rigor sobre as regras sanitárias contra a Covid-19.

27/12/2020 19h46
3.806
Por: Imperlove Fonte: Assessoria
Festas de Réveillon são canceladas na Grande São Luís; produtoras lamentam decisão do poder público estadual

Neste fim de semana, duas produtoras de eventos culturais de São Luís divulgaram o cancelamento de eventos de Réveillon, que ocorreriam na Grande São Luís.

O cancelamento das festas foi feito após o Ministério Público do Maranhão encaminhar ofícios, na última quarta-feira (23), alertando o Poder Executivo estadual e os prefeitos dos municípios da Grande Ilha (São Luís, Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar) sobre a necessidade de manter o rigor sobre as regras sanitárias nos eventos e festas no período natalino e de Réveillon.

No ofício, os membros do MP-MA afirmaram que o objetivo era evitar a disseminação do coronavírus e prevenir o aumento de casos. Nos ofícios, o MP-MA alertou sobre a necessidade de cumprimento das regras sanitárias e distanciamento a fim de conter novos casos de Covid-19.

A última regulamentação estadual sobre eventos de entretenimento, a Portaria nº 81, de 21 de outubro de 2020, editada pelo governador Flávio Dino e pelo secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, autorizou a realização de festas com até 150 pessoas.

Uma das produtoras que cancelou uma festa de virada de ano afirmou, por meio das redes sociais que o evento havia sido “idealizado com o cumprimento de todas as medidas sanitárias pertinentes para o momento; obteve, inclusive, todas as licenças necessárias para sua realização, fornecidas pelo Município de Paço do Lumiar, local do evento”.

Segundo a produtora, ela lamenta que “o poder público estadual possua, mesmo neste momento em que os índices de novos casos estão em suas menores taxas, critérios diferentes para autorizar funcionamento de eventos, mas não faça distinção em relação a qualquer outro tipo de aglomeração, como assistimos diariamente em comércios, eventos políticos, praia, filas de banco e ignore festas clandestinas que ocorrem semanalmente em São Luís e em todo o Estado do Maranhão”.

Veja a nota na íntegra

O Réveillon Valparaíso 2021, projetado pela 4 Mãos Entretenimento e D&E Entretenimento, foi idealizado com o cumprimento de todas as medidas sanitárias pertinentes para o momento; obteve, inclusive, todas as licenças necessárias para sua realização, fornecidas pelo Município de Paço do Lumiar, local do evento.

O planejamento incluía em uma área de mais de 25.000 metros quadrados, quatro espaços destinados aos convidados, todos obrigatoriamente de mesas, distribuídas em módulos de 150 pessoas, cada, com o distanciamento exigido, aplicando-se as normativas pertinentes a bares e restaurantes, túnel de desinfecção, medidores de temperatura, garçons exclusivos para cada um dos espaços, além da necessidade de utilização de máscaras e demais protocolos de acesso.

Lamentamos que, após ultrapassado um ano tão difícil para todos nós maranhenses, o evento, voltado para um momento de confraternização entre amigos e familiares, tenha que ser cancelado.

Lamentamos que o poder público estadual possua, mesmo neste momento em que os índices de novos casos estão em suas menores taxas, critérios diferentes para autorizar funcionamento de eventos, mas não faça distinção em relação a qualquer outro tipo de aglomeração, como assistimos diariamente em comércios, eventos políticos, praia, filas de banco e ignore festas clandestinas que ocorrem semanalmente em São Luís e em todo o Estado do Maranhão.

Lamentamos que, mesmo diversos eventos de Réveillon tenham sido anunciados há semanas, alguns até há meses, tão somente agora, a dias de suas realizações, o poder público estadual tenha se manifestado contrário, criando insegurança jurídica e gerando prejuízos a uma cadeia de mais de 43 fornecedores, empresas que possuem trabalhadores que dependem desse segmento para a sobrevivência de suas famílias.

Lamentamos, por fim, por nosso público, que acreditou em nossos protocolos e em toda a organização e se dispôs a participar de nosso Réveillon.

Por fim, deixamos registrado que o poder público tem o dever de cuidar da saúde da sociedade, mas deve fazê-lo de uma maneira igualitária entre todos, e não escolhendo nichos ou dias para tanto.

A produtora São Luís Master Hall, que também organizava um evento de Réveillon em um hotel de São Luís e tinha como atração o cantor Tierry, anunciou o cancelamento por meio das redes sociais, no entanto ela não informou se o evento seguia todas as normas sanitárias determinadas por meio de decreto estadual.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.