Quarta, 23 de Setembro de 2020 07:50
(99) 991612367
Anúncio
Saúde Covid-19

Com número de casos voltando a subir, Imperatriz retoma atendimento ambulatorial para pacientes da Covid-19

O serviço chegou a ser suspenso devido à queda de casos no município, porém, com o novo aumento, a Secretaria de Estado da Saúde retomou o serviço.

27/08/2020 10h06
84
Por: Kennedy Rocha Fonte: Assessoria
Com número de casos voltando a subir, Imperatriz retoma atendimento ambulatorial para pacientes da Covid-19

Após suspender o atendimento exclusivo para pacientes da Covid-19 pela queda no número de casos em Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, o Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto voltou a fazer atendimentos ambulatoriais encaminhados pela UPA Bernardo Sayão de pacientes diagnosticados com o vírus.

“Nas últimas semanas, a cidade de Imperatriz tem registrado um aumento no número de casos, desta vez com prevalência entre jovens e adultos. Para dar conta desta demanda, resolvemos retomar o suporte ambulatorial, além de ampliar leitos de UTI no hospital. O objetivo é garantir a assistência médica à população em face de um possível aumento na solicitação de atendimento nas unidades de saúde”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O atendimento ambulatorial no Hospital Macrorregional de Imperatriz começou a funcionar no mês de maio, para assistência aos pacientes com quadro leve e moderado da doença. O serviço chegou a ser suspenso devido à queda de casos no município, porém, com o novo aumento, a Secretaria de Estado da Saúde retomou o serviço.

O ambulatório atende pacientes encaminhados pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Bernardo Sayão. Àqueles que não possuem transporte próprio, a gestão estadual disponibiliza uma van que faz o translado até o ambulatório.

De acordo com a diretora clínica do Hospital Macrorregional de Imperatriz, Mayara Viana, o serviço ambulatorial é uma forma de fazer o monitoramento dos casos notificados. “Ao chegar no ambulatório do hospital, o paciente é submetido a exames para então receber as orientações sobre o tratamento. O acompanhamento é individualizado e com foco naqueles que farão o tratamento domiciliar, observando o quadro clínico”, explicou.

Protocolo em Imperatriz

Em Imperatriz, a porta de entrada para o primeiro acolhimento dos casos suspeitos é a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Bernardo Sayão, que avalia o caso e conforme a necessidade encaminha o paciente ao ambulatório. Ao chegarem ao local, os pacientes são submetidos a exames de sangue, tomografia, raio-x, medicação, além do agendamento para consulta de retorno com intervalo de 24 a 72 horas. Em caso de algum paciente precisar ser internado, o hospital também dispõe leitos de clínicos e Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Coronavírus no Maranhão

Nas últimas 24 horas, o Maranhão confirmou 1.755 novos casos e 13 mortes por Covid-19, de acordo com o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgado nesta quarta-feira (26). Com isso, o estado alcança a marca de 147.676 infectados e 3.390 mortos pela doença.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Imperatriz - MA

Imperatriz - Maranhão

Sobre o município
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio